Era dos Ventos Ícone Merlot, safra 2009, Caminhos de Pedra, Brasil

Atualizado: 14 de Fev de 2019

Era dos Ventos é um projeto dos enólogos Luis Henrique Zanini (Vallontano) e Álvaro Escher (Cave Ouvidor) com parceria de Pedro Hermeto (Restaurante Aprazível/RJ). Não é uma vinícola, é uma produção em nome do amor ao vinho e da relação do homem com a terra, vinhateiros com alma, de terroir, com vinhedos localizados no Caminho de Pedra, em Bento Gonçalves.

É um projeto surpreendente, vinhos que trazem indagações, reflexões sobre o ser e estar, que desafiam nossos sentidos. Degustar um Era dos Ventos não é para qualquer um e sim para aqueles que estejam com a alma aberta.

Aimé Guibert falava que somente um poeta pode fazer um grande vinho. Zanini, sem dúvidas, é um deles, além de ser um apaixonado pela terra e pela vinha. Para ele:

“O vinho me proporcionou a maior conquista que um ser humano pode conquistar: a liberdade de ser ele mesmo. Não interpreto personagens, amo o vinho, as videiras, as pedras, a chuva, o vento, o sol. Estar ligado a natureza e ser parte dela é atingir a plenitude da alma. Sinto-me um pouco engarrafado em cada vinho que faço”.

O vinho é elaborado seguindo a filosofia de mínima intervenção no processo de vinificação, produzido artesanalmente, em barricas velhas, deixando com a Natureza o maior trabalho.


Quanto ao vinho, apresenta grande estrutura, certa rusticidade, aspecto límpido, mas com alguns sedimentos pela não filtragem com linda coloração rubi profunda e brilhante, lágrimas intensas, densas e lentas que teimam em escorrer pela taça.

No nariz, aromas exuberantes de frutas vermelhas, ameixas, pitangas, morangos silvestres, araçás, notas florais de rosas vermelhas, toque terroso, de tabaco e borras de café.

Em boca revela sua grandiosidade, acidez média+, vibrante, tanino firme, mas envolvente, sem amargor, álcool integrado, corpo médio+, sabores trazem frutas vermelhas, passando para frutas negras secas, aparece ameixa seca, figo, toque terroso, de cinzas e um fundo de couro com final médio+. (Nota: 93MM+)

É um vinho para degustar em pequenos e minúsculos goles, sentir toda sua potência e sua delicadeza, entender suas indagações e seus sentidos, um vinho para refletir e vivenciar.

“Se a lua fecundada pelo tempo,

Fosse teu espelho nas noites de primavera,

Verias tua beleza refletida na tarde infinita que

não chega,

Rascunho perfeito da obra imperfeita,

Seriam uvas beijadas e colhidas no frescor da

manhã?

Assim tingiria insanamente teu ventre,

A tatuagem improvisada na lascividade do lagar,

Com vinha-flores, vinho-pétalas,

eterno amor vernal!…”

LHZ

15 visualizações

© 2023 by The Food Feed. Proudly created with Wix.com

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle